João Félix - SL Benfica

João Félix tem apenas 18 anos e é a mais recente promessa do plantel encarnado. Há quem já o compare a Bernardo Silva ou até a Jonas.

A paixão pelo futebol começou cedo, quando acompanhava o pai nos relvados da distrital de Viseu. Desde aí que nunca mais se separou dos relvados e em 2008 chegou à formação do FC Porto.

Foi no FC Porto que fez grande parte da sua formação como jogador, tendo representado o clube azul e branco até aos sub-17. Pelo meio ainda passou pelo Padroense, graças a um protocolo existente entre o clube de Matosinhos e os dragões. Fez também parte de um projeto chamado Jogador de Elite (PJE), onde apenas os melhores jovens da formação portista entrariam.

O FC Porto deu demasiada importância ao físico e desvalorizou um grande jogador. O Benfica viu nele o futuro e em 2015 rumou ao Seixal.

Talento é a melhor palavra para descrever Félix que, a jogar no clube encarnado, conseguiu mostrar que o aspeto físico é tudo menos importante.

Em 2016, no primeiro ano de júnior, tornou-se o mais jovem jogador a atuar pela equipa B do Benfica, com 16 anos, num jogo da II Liga em Freamunde. Na mesma época arrecadou outro recorde: o futebolista mais novo de sempre a marcar na II Liga, aos 17 anos, num jogo diante do Académico de Viseu.

Na última temporada brilhou na  II Liga, campeonato de juniores, Youth League e International Cup, ao serviço da equipa B e de juniores.

Neste momento é visto como herói e prodígio dos encarnados, depois de marcar o golo que salvou as águias da derrota e ditou o empate dérbi frente ao Sporting.

São vários os clubes europeus com interesse pelo jogador. O Benfica não o pretende deixar escapar e, ainda antes deste se estrear pela equipa principal, renovaram o contrato agora válido até 2022 com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Os adeptos já pedem a Rui Vitória a integração do João Félix no onze inicial, mas ainda há um caminho longo a percorrer para o jovem jogador. Até lá e, pela classe demonstrada, espera-se que o avançado continue a brindar os adeptos com golos como o que vimos na terceira jornada da Liga NOS.

Comentários