Gedson Fernandes, médio do Benfica

Já ninguém fala de outra coisa. Gedson Fernandes é o jogador do momento em Portugal e, para muitos, uma autêntica surpresa. Poucos tinham a noção de que na equipa B do Benfica na época 17/18 figurava uma pérola com esta valia.

Pois bem, logo desde o primeiro jogo de pré-época 18/19, Rui Vitória chamou à titularidade o então praticamente desconhecido Gedson Fernandes. E manteve essa aposta nos restantes encontros, nomeadamente os oficiais. Por esta altura já ninguém concebe o onze inicial do Benfica sem o jovem atleta português de apenas 19 anos.

O número 83 do Benfica tem impressionado tudo e todos. Pela sua qualidade futebolística, mas principalmente pela maturidade que já apresenta em campo. Gedson Fernandes consegue marcar o ritmo da sua equipa, fazendo com igual eficácia as acelerações ofensivas mas também as compensações defensivas.

Faz lembrar Renato Sanches, dizem muitos. No entanto, outros tantos chegam mesmo a opinar que Gedson Fernandes consegue estar um nível acima do que estava na altura o jovem benfiquista que rumou ao Bayern Munique. Lembremos que Renato Sanches, há cerca de dois anos atrás, rendeu 35 milhões de euros aos cofres da Luz, com a perspetiva de a transação poder atingir os 80 milhões!

Valores impressionantes mas que podem ser facilmente ultrapassados no caso de Gedson Fernandes. O Correio da Manhã publicou na semana passada que o Benfica pretende aumentar a cláusula de rescisão do médio para os 100 milhões de euros. Cláusula essa que atualmente se cifra nos 60 milhões, num contrato que se extende até 2023. Mas, ainda de acordo com a mesma publicação, as sondagens pelo jogador são muitas e os encarnados já terão alegadamente resusado algumas ofertas de 30 milhões de euros.

Os números de Gedson Fernandes

Recordemos que esta época Gedson Fernandes foi titular nos quatro encontros oficiais disputados até agora pelo Benfica. O médio teve mesmo o seu momento mais alto na Turquia, diante do Fenerbahce, quando apontou o golo dos encarnados em partida a contar para a segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Um golo que se revelou decisivo e que permitiu ao Benfica apurar-se para o playoff de acesso à Liga dos Campeões, onde irá medir forças com o PAOK.

Lembremos ainda que Gedson Fernandes já o ano passado tinha estado em evidência na equipa B encarnada, realizando 31 jogos e apontando 5 golos.

Com presença assídua nas várias seleções jovens de Portugal, Gedson Fernandes só não marcou presença no recente título europeu conquistado pelos sub-19 lusos porque tinha sido chamado por Rui Vitória à equipa principal do Benfica.

O céu é o limite para Gedson Fernandes que por esta altura é, provavelmente, a maior promessa do futebol português.

Comentários