São quatro os jogadores da seleção nacional que ainda sonham em conquistar o maior e mais importante torneio de clubes de futebol do mundo. Cristiano Ronaldo pelo Real Madrid, Bernardo Silva pelo Manchester City e André Gomes e Nélson Semedo pelo Barcelona iniciaram nesta terça-feira (3), a disputa dos quartos de final da Liga dos Campeões 2017/18.

Cristiano Ronaldo

Dono de imensos recordes, Cristiano Ronaldo dispensa apresentações e voltou a fazer magia nesta terça-feira, ao anotar dois golos (um de bicicleta) na vitória por 3 a 1 do Real Madrid sobre a Juventus, em Turim. Com 14 golos marcados, CR7 é o goleador isolado da presente edição da Liga dos Campeões e titular absoluto no comando do ataque da equipa de Zidane. Além de lutar pelo terceiro título consecutivo na competição, as últimas actuações de Ronaldo fazem o povo português sonhar com uma boa presença da seleção no Mundial 2018 na Rússia.

Bernardo Silva

Outro futebolista português que atravessa um bom período no seu clube é Bernardo Silva, de 23 anos. O extremo tem sido decisivo para o Manchester City no campeonato inglês e peça indiscutível de Pepe Guardiola nos confrontos da Champions. Para a partida desta quarta feira contra o Liverpool, o jovem português deve ser titular no concorrido ataque azul celeste. Apesar da tenra idade, Bernardo Silva ainda não conquistou um campeonato Europeu de grande expressão e sabe que o possível título do Manchester City significa um grande salto na sua carreira antes do Mundial da Rússia.

André Gomes

André Gomes viveu recentemente tempos conturbados em Barcelona.

O terceiro craque da seleção portuguesa nos quartos de final da Liga dos Campeões é o médio André Gomes, do Barcelona. Diferente dos dois primeiros, André Gomes viveu momentos de certa instabilidade na equipa espanhola, porém, no último mês ganhou o apoio da direção blaugrana e o carinho dos adeptos catalães, que compreenderam o momento do jogador e renovaram os votos de confiança no seu futebol. Mesmo sem estar a jogar regularmente este ano, o médio português entrou nas últimas partidas e foi convocado para o jogo de hoje do Barcelona contra a Roma, na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões.

Nélson Semedo

Também no Barcelona, o defesa direito Nélson Semedo viveu uma situação semelhante, com a agravante de se ter lesionado no músculo da perna esquerda numa partida da Liga Espanhola, em Fevereiro. A boa notícia é que o jovem internacional português está recuperado e também está convocado para a partida de hoje no Camp Nou contra os italianos.

Tanto André Gomes, como Nélson Semedo sabem que a fase final da Liga dos Campeões pode ser o período ideal para retomarem as boas exibições e a disputa por um lugar no onze no Barça, e na seleção Portuguesa.

Texto: Saulo Gil

Comentários