De uma série de matérias voltadas para a Copa da Rússia 2018, o “UM CLICK NA COPA“, apresenta uma série de imagens que revelam o outro lado do evento. Mostrar o brilho de algo que fica marcado na história, trazer para o nosso leitor os fatos vistos pela lente de que captou, aquele gol, o chute que marcou ou o penalty que consagrou um goleiro.

Colômbia 1994

Colômbia 1994
Seleção da Colômbia de 1994.

A seleção que encantou a todos colombianos no começo dos anos 90, que venceu a Argentina em sua casa por 5×0 e que tinha um ataque poderoso, esse era o tempero perfeito para uma seleção tão brilhante como essa da Colômbia de 1990. A grande verdade é que nem sempre o melhor vence, e no caso dessa seleção, isso ficou evidente após alguns tropeços na Copa do Mundo de 1990 e 1994. Um deles, a derrota para Camarões nas oitavas de final em 1990.

Croácia 1998

Croácia 1998
Seleção da Croácia de 1998 comemorando gol contra a Alemanha.

A seleção da Croácia de 1998 tem algo muito especial, que vai além das grandes vitórias naquele mundial. Os croatas mostraram um futebol muito eficiente, a ponto de chegarem até em um terceiro lugar e conquistaram a chance de jogarem contra os campeões franceses, e por muito pouco chegar a um final, que seria um feito inédito para os Vatrenis.

Denílson 2002

Denílson 2002
Denílson, no Mundial de 2002 na Coréia do Sul e Japão, contra 4 adversários turcos.

Em uma Copa cheia de emoções, um lance brasileiro sempre é lembrado com orgulho. A jogada que marcou o Mundial de 2002, na verdade, mostra a verdadeira ginga do jogador canarinho, que sempre é lembrado pela beleza com a bola no pé e a classe no caminhar dentro de campo, resumo da obra a cima.

Zidane 2002

Zidane 2002
Zidane após derrota francesa para os dinamarqueses na Copa do Mundo de 2002.

Uma imagem fala mais que mil palavras, essa é a principal mensagem que podemos resumir da ilustração acima. Com um time campeão em 1998, a seleção da França sucumbiu em 2002. Com um futebol sem muito brilho os franceses apenas passaram pela Copa da Coréia e Japão, sendo a pior seleção europeia da primeira fase.

Itália 1938

Itália 1938
Seleção da Itália campeã de 1938.

A Itália estava em busca de seu bicampeonato em 1938, em uma Copa realizada na França. A conquista veio após o triunfo em cima da Hungria por 4×2, gols de Colaussi e Piola. A imagem é o último retrato de uma Copa do Mundo na época, já que por causa da 2 Guerra Mundial, o evento não aconteceu em 1942 e 1946.

Pelé 1970

Pelé 1970
Gol de cabeça do Pelé na final de 1970.

MÁGICA, é assim que pensamos na seleção do Brasil de 1970, não só pelas belas jogadas em campo, mas também, pela conquista perfeita em cima da Itália. Nesse enredo perfeito, o REI PELÉ merecia uma pincelada do destino, um gol de cabeça, que mais parece um chute, consagrando um gênio da bola.

Comentários